Quais são os riscos da otoplastia?

Os riscos da otoplastia são bastante reduzidos. Até por isso eu não me preocupei muito com o que poderia acontecer no pós-operatório. Eu só pensava em corrigir logo as orelhas e ficava contando os dias para fazer a cirurgia. Mas, é claro, sabia que teria um período mais turbulento com dores mais intensas, inchaços, sangramentos e a possibilidade de haver alguma infecção. Para a minha sorte, consegui contornar tudo da melhor forma possível e não tive nenhum grande problema.


De qualquer forma, vou mostrar aqui os riscos que você estará sujeito/sujeita a passar depois de realizar a cirurgia de orelha de abano. Se você estiver apreensivo/apreensiva ou com medo de fazer a operação, vou repetir o que já disse em outros posts: a otoplastia é muito tranquila e não traz nenhuma grande complicação para o paciente. Quando você menos esperar, já estará com as orelhas “reformadas” e poderá voltar para casa.

riscos-da-otoplastia

Riscos para quem faz otoplastia

Dor

A dor vai existir. Principalmente nas horas seguintes à otoplastia. Mas nada que um bom analgésico não resolva. No meu caso, só senti dor momentos depois da sala de cirurgia porque o efeito da anestesia estava passando. Tomei o remédio e depois não senti mais nada. Depois disso, você só deve sentir dor se alguém esbarrar nas suas orelhas. Tirando isso, você vai perceber que elas ficam um pouco doloridas e sensíveis. Esse aspecto dolorido não incomoda no dia-a-dia, mas demora uns 2 meses ou até mais para sumir completamente.

Inchaço

As orelhas ficam muito inchadas, mas ao contrário da dor, o inchaço desaparece rápido. Com 15 dias, ele já está bem amenizado. Com 30 dias nem dá para perceber que você fez uma otoplastia. Porém, os médicos dizem que pode levar até 90 dias para as orelhas desincharem por completo.

pos-operatorio-otoplastia

Rompimento dos pontos

Pode acontecer de um ou mais pontos se romperem no pós-operatório da otoplastia e comprometer o processo de cicatrização. Por isso é importante seguir as recomendações médicas para manter tudo no lugar. Nos primeiros dias, evite fazer muito esforço, não pegue peso, não dirija, evite ficar subindo escadas e não fique muito tempo com a cabeça voltada para baixo.

Cicatrizes

É inevitável: você terá cicatrizes. Mas elas ficam bem escondidas e podem ser reduzidas com o uso de uma pomada (Drenison ou outra do tipo). As cicatrizes começam mais volumosas e vão diminuindo ao longo do tempo. Elas não vão te incomodar em nada.

Dificuldade de cicatrização

Pode ser que o processo de cicatrização demore um pouco mais para ser concluído. O tempo varia muito de pessoa para pessoa. No meu caso, levou mais ou menos uma semana. Você deve passar a pomada (Nebacetin ou outra do tipo) todos os dias para auxiliar nesse processo. Se você notar que está demorando mais do que o normal, fale com o seu médico imediatamente.

Sangramento

É natural que ocorra um sangramento logo após a otoplastia. Quando saí da clínica, minhas orelhas começaram a sangrar e ficaram assim por horas. Mas já no dia seguinte à cirurgia, não tive mais nenhum problema desse tipo. Se o seu sangramento não parar, também é legal conversar com o seu médico.

faixa-pos-operatorio-otoplastia

Perda da sensibilidade

Devido a todos os procedimentos realizados na otoplastia, você perderá a sensibilidade das orelhas por um tempo. Eu voltei a sentir as minhas na segunda semana depois da operação. Com mais ou menos 30 dias de pós-operatório elas já estavam com a sensibilidade mais alta, mas ainda não 100%. Elas só retomarão à sensibilidade normal por volta de 40 dias.

Infecção

Também pode haver o risco de acontecer algum tipo de infecção. Comigo não aconteceu nada, mas já vi pacientes que precisaram tratar o problema. É muito importante você pedir para as pessoas próximas olharem as orelhas com cuidado para confirmar se está tudo sob controle. Qualquer alteração deve informada ao cirurgião o mais rápido possível.

Hematomas

Uma coisa é certa: você deve tomar todo o cuidado possível com as suas orelhas. Não é à toa que os médicos pedem para usar a faixa de otoplastia no período integral nos primeiros dias. Além de ajudar as orelhas a se habituarem ao novo formato, ela também serve muito para aumentar a proteção. Evite fazer movimentos bruscos no pós-operatório. Todo o cuidado para evitar um machucado é pouco.

Orelhas assimétricas

Quando fiz a otoplastia, eu esperava que elas ficassem perfeitamente simétricas, mas isso não aconteceu. Uma orelha ficou um pouquinho mais aberta do que a outra na ponta. É um detalhe quase imperceptível, mas a diferença existe. Isso já aconteceu com diversas pessoas e também pode acontecer com você. Fique ciente. Eu escrevi um post sobre esse assunto, e você pode ler aqui.

riscos-otoplastia

Retorno ao formato anterior

O risco de as orelhas “abrirem” e retomarem a posição anterior também existe. Inclusive ele está descrito nos termos de responsabilidade que você assina antes de fazer a otoplastia. Mesmo fazendo os procedimentos corretos na operação, o Dr. Alexandre me explicou que a orelha pode retomar ao velho formato de abano por causa da “memória genética” que ela possui.

Isso não acontece na maioria dos casos, porém, se você notar que a sua orelha está abrindo com o passar o tempo, avise o seu médico. Ele vai fazer uma nova avaliação e te explicar como será feito o retoque. Para não comprometer a cartilagem, este procedimento só pode ser feito entre 6 meses e 1 ano após a primeira cirurgia.

Essas foram as minhas dicas sobre o riscos da otoplastia. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E se você tiver alguma dúvida, escreve a sua pergunta aqui embaixo na seção de comentários, blz? Um abraço e até o próximo post! 👍

Sou jornalista e criei o Blog da Otoplastia em 2015, alguns dias antes de fazer a minha cirurgia. Aqui eu dou várias dicas e conto as experiências que passei com as duas otoplastias (também fiz o retoque). Aproveite os textos e sinta-se à vontade para mandar perguntas! ;)

24 Comentários

  1. Gostei muito das informações. Vou fazer pelo projeto orelhinha no mes de março. Gostaria de saberr como é apos a cirurgia para dormir, em que posição é preciso ficar e se doi ou machuca de noite. Grata.

    • Oi, Camila. Tudo bem?

      Dormir depois da cirurgia é um pouco incômodo. As orelhas estarão sensíveis, e certamente você sentirá dor ao encostar no travesseiro. Pelo menos no primeiro mês, você deve dormir de barriga pra cima. É a melhor forma para não sentir dores. Neste post eu dou algumas dicas pra ter noites de sono mais tranquilas http://www.cirurgiadeorelha.com/como-dormir-apos-a-otoplastia/

      Um abraço e boa sorte!

  2. Poderia me passar o contato da clínica?
    Obrigado

    • Fala, Thiago. Blz?

      Acabei de enviar o contato para o seu e-mail. Confere lá!

      Um abraço!

  3. Estou com muito medo! Farei dia 29/02 e estou muito apreensiva e ansiosa! Haja coração!

    • Oi, Aline. Tudo bem?

      Como foi a sua cirurgia? Deu tudo certo? Espero que o seu pós esteja sendo tranquilo.

      Um abraço e boa recuperação!

  4. O ii fiz a cirurgia mas estou com muita dor na cartilagem. ..E ta muito inchada ja faz 1mes isso é normal?

    • Oi, pretinhha. Tudo bem?

      Não é normal ter muita dor depois de 1 mês. E já era para estar mais desinchada também. Acho legal você falar com o seu médico para explicar o que está acontecendo.

      Um abraço e boa recuperação!

  5. tem essa cirurgia no Rio grande do Sul? obrigado

    • Fala, Kauan. Blz?

      Não sei te responder se o SUS do Rio Grande do Sul faz a otoplastia, mas você pode entrar em contato com o Projeto Orelhinha para saber se eles passarão por aí em breve.

  6. Esse problema acaba comigo,minha alto estima é horrível,vivo com medo,fujo de algumas ocasiões que necessitam fazer penteados,Morro de medo que alguém toque no meu cabelo,e só de pensa no valor da cirurgia sofro mais ainda.

    • Oi, Jacqueline. Tudo bem?

      Você já tentou entrar em contato com o Projeto Sonhar ou com o Projeto Orelhinha? Eles fazem a cirurgia a preços bem mais baratos do que as clínicas particulares. Fale com eles.

      Um abraço!

  7. Oi Leonardo, parabéns pela iniciativa do blog. Sao informações úteis e com certeza ira ajudar muitas pessoas. Sou tia do Cauã que fez a otoplastia pelo projeto orelhinha aqui em Goiânia, ele não tirou os pontos ainda, mas esta tudo bem.

    • Olá, Ana Lucia. Tudo bem?

      Que bom que deu tudo certo com o Cauã. Espero que ele se recupere bem e possa curtir a “vida nova” em breve.

      Um abraço e boa sorte pra vocês!

  8. São muitos pontos ? Eles ficam muito visíveis ? Com quanto tempo pode voltar a fazer exercícios físicos ?. Mostra seu antes e depois pra gente ver.

  9. Oi sou Ryan tenho 12 anos e tenho medo de fazer cirurgia por que eu tenho medo que eu posso corre serios ricos de morte não sinto cofiaviel para fazer a cirugia Nem fale com meus pais a recespeito sobre isto o que eu devo fazer no momento

    • Olá, Ryan. Tudo bem?

      Primeiro de tudo: não há porque ter medo da cirurgia. Ela é muito tranquila e não causa riscos de morte. Você pode, inclusive, ser operado acordado. Foi assim comigo e com um monte de outras pessoas.

      Eu aconselho você a conversar com seus pais. Por mais que seja difícil, são eles que podem te ajudar. Explique que você tem vontade de fazer a cirurgia e também fale sobre os seus medos. Mas não esconda deles, ok? Tenha coragem e converse com eles.

      Um abraço e boa sorte!

  10. Olá Leonardo.

    Muito grata pelas informações. Esse é meu sonho desde pequena. Quandl sofria bullying. Hj nao prendo o cabelo por nada. Me sinto mal com isso.
    Você poderia me passar o contato da clinica que fez? Foi em São Paulo?
    Obrigada

    • Oi, Camila. Tudo bem?

      Sim, eu fiz em São Paulo. Mandei agora mesmo os contatos para o seu e-mail.

      Faça a otoplastia para deixar tudo isso para trás. Vale muito a pena!

      Um abraço!

  11. Olá hoje após 07 dias da minha cirurgia tive um sangramento intenso. Comprimir com um pano e cessou. Foi assustador. Amanhã cedo vou no médico.
    Obs: tive uma excitação, e após isso veio o sangramento. Não fiz sexo apenas excitação mesmo

    • Fala, xará! Como está agora? Espero que esteja melhor.

      Cara, o seu depoimento foi o primeiro que recebi aqui falando sobre sangramento causado por excitação. Acho que essa reação é bastante incomum. Mas você está fazendo certo ao procurar o seu médico, mesmo agora que o sangramento cessou. Se puder, escreva novamente pra gente saber o que o médico falou sobre isso, blz?

      Um abraço e boa recuperação!

  12. Os médicos antes da operação buscam se informa se o paciente tem alguma reação negativa sobre a anestegia? Se caso sim como ee o processo?

    • Olá, Ketlen. Tudo bem?

      Sim, eles podem pedir exames para avaliar se há algum problema em relação à anestesia.

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *