Como é a cirurgia de otoplastia

“Agora você vai sentir uma picadinha de formiga”. Foi com essa zoeira do Dr. Alexandre que a minha otoplastia começava. 😂 Ele estava pronto para aplicar a anestesia na minha orelha direita. Como você deve imaginar, nem de longe pareceu uma picadinha, muito menos de formiga. A anestesia local é profunda e dolorida. Mas, felizmente é o único momento da cirurgia em que você sente dor. Eu contei umas 6 ou 7 picadas. Depois disso a orelha já começou a ficar adormecida. Era o sinal para fazer a primeira incisão e iniciar os trabalhos.


Ouvindo tudo na otoplastia

otoplastia-como-funciona

O mais curioso de fazer a otoplastia apenas com a anestesia local é que você fica acordado e, obviamente, consegue ouvir tudo de pertinho. Quando ele fez o corte, escutei um som muito parecido com um estilete cortando um pedaço de papelão. Com os olhos fechados, eu ia acompanhando a cirurgia pelos ouvidos.

No começo eu ainda estava um pouco tenso porque tinha medo de sentir dor. Mas depois vi que tudo caminhava tranquilamente e consegui relaxar. Tanto que a música prendeu mais a atenção do que os trabalhos do doutor. E olha que ele pegou pesado. Eu falo que fiquei de boa, mas não deve ser assim com todo mundo. São vários e vários puxões e sempre existe um incômodo. Mas é importante enfatizar: as dores são bem controladas pelas anestesias e você não sente nada.

O que é feito nas orelhas

anatomia-orelha

No meu caso, o Dr. precisou remover algumas partes da cartilagem e também raspou a orelha para “enfraquecer” a cartilagem. Os locais específicos em que se faz a raspagem são a Hélice, o Ramo da Antiélice Superior Ramo da Antiélice Inferior. Ele me explicou que essa técnica é necessária para diminuir a chance de as orelhas retornem ao formato de abano. Além disso, o doutor também mexeu nos lóbulos. Eles acompanhavam o formato das orelhas e também era voltados pra frente, então essa intervenção foi necessária. Mas é bom lembrar que isso não acontece em todos os casos. No dia da sua avaliação, você pode conversar com o cirurgião e decidir se precisa ou não mexer nos lóbulos. Se você ficar em dúvida, recomendo que mexa neles também. Você já estará na mesa cirurgia, então é melhor aproveitar e fazer tudo o que tem que ser feito.

A otoplastia é bem tranquila. Mesmo.

A otoplastia é bem tranquila, mas é claro que existem os pormenores. Mais ou menos uma hora depois que começamos, minha cabeça e meu pescoço passaram a doer um pouco. Isso foi reflexo de ter ficado tanto tempo parado na mesma posição. Mas já estava chegando a hora de finalizar a primeira orelha (ufa!) e eu não havia sentido nenhuma dor forte. Ele terminou e virou minha cabeça para começar a esquerda. Com o pescoço bastante dolorido, encontrei uma boa posição novamente.

Não demorou muito e as picadas voltaram. O combo “dor do pescoço + dor da cabeça + dor da anestesia” foi o momento mais chato da cirurgia. Mas ainda estávamos na metade, então eu precisava seguir firme. Sempre que batia um desânimo de leve, eu procurava pensar que o resultado seria recompensador. Uns 10 minutos depois eu já estava tranquilo de novo e conversava com o pessoal para distrair um pouco. Teve mais “puxões” pra remover a cartilagem e mais orelha raspada, mas tudo seguia no mais perfeito estado para um final feliz.

cirurgia-de-otoplastia

Faltando uns 30 minutos pra terminar, o assistente do cirurgião veio trazer um recado: minha família queria saber quanto tempo faltava e se estava tudo bem. Eu mesmo respondi que estava tudo certo e o Dr. Alexandre deu o tempo: “falta meia hora mais ou menos”. Foi bom saber quanto tempo ainda tínhamos, porque a dor no pescoço já incomodava bastante e o cansaço começava a bater.

Comparando os tempos de cada parte da operação, eu percebi que a orelha esquerda estava demorando mais do que a direita. Depois o doutor realmente confirmou que ela deu mais trabalho por conta da cartilagem. Ela era um pouco mais fina e exigiu um cuidado minucioso. Bom, continuei concentrado e tentando lidar com a dor no pescoço, já que não podia me mexer para melhorar a posição.

Finalizando a otoplastia

otoplastia-cirurgia

Antes da previsão de 30 minutos se confirmar, eu percebi que os puxões diminuíram e que as costuras dos pontos também haviam terminado. Abri os olhos aos poucos e a equipe já estava tirando o lençol que cobria a minha cabeça. O sentimento de alívio e de satisfação foi imediato. A tortura de mais de 20 anos foi dissolvida em pouco mais de duas horas.

Eu ainda estava deitado na mesa de cirurgia quando o doutor trouxe um espelhinho e me mostrou o resultado. Minhas orelhas estavam inchadas, roxas e cheias de pontos. Mas nunca estiveram tão agradáveis. Me levantei, coloquei a roupa e me preparei para sair da sala de cirurgia. Antes disso, ele me mostrou as partes removidas das  cartilagens em uma gaze ensanguentada (risos). Eram só uns pedacinhos – nem dava pra assustar.

Começando o pós-operatório

pos-operatorio-otoplastia

Voltei para a salinha ao lado e encontrei minha mãe e minha namorada. Elas também ficaram aliviadas com o fim da operação e em ver que eu estava bem. Tinha início o desconhecido território do pós-operatório da otoplastia, que você pode ler clicando aqui.

Essas foram as minhas dicas sobre como funciona a cirurgia de orelha. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E se você tiver alguma dúvida, escreve a sua pergunta aqui embaixo na seção de comentários, blz? Um abraço e até o próximo post!  👍

Sou jornalista e criei o Blog da Otoplastia em 2015, alguns dias antes de fazer a minha cirurgia. Aqui eu dou várias dicas e conto as experiências que passei com as duas otoplastias (também fiz o retoque). Aproveite os textos e sinta-se à vontade para mandar perguntas! ;)

6 Comentários

  1. Eu acabei de decidir que se for fazer, quero dizer, se arrumar coragem, vou querer anestesia e sedação. Tipo dormir e acordar pronta. rsrsrs.
    Obrigada, seus depoimentos estão esclarecendo todas as minhas dúvidas e estou adorando. Valeu mesmo.

    • Olá, Ana Paula.

      Que bom que os posts estão de ajudando. Eu fico feliz.
      A otoplastia é uma cirurgia muito tranquila e garanto que você não precisa fazer sedada. Você pode ficar acordada durante os procedimentos sem problemas. Não há dor e também não há motivo para pânico. Espero que você tome coragem e faça a sua em breve. É uma vida nova.

      Obrigado por todos os seus comentários e boa sorte!

      • Oie. Olha eu aqui de novo rsrs. Então, vou fazer em fevereiro de 2016, estou ansiosa, com medo com tudo kkkkk. Mas também muito animada.quanto a sedação tenho medo de fazer sem, porque tenho trauma com agulhas e já tive ataque de nervos com queda de batimentos cardíacos numa simples endoscopia , imagina assim kkkkkk. Sou daquelas que desmaia pra tirar sangue. Isso ocorreu depois que passei muito mal por alergia a penicilina. Mas enfim, vim contar que vou fazer e em fevereiro volto pra contar como foi. Obrigada por responder meus comentários. Abraço 🙂

        • Oi, Ana Paula. Que bom ter você de volta aqui!

          Que legal que você conseguiu marcar a sua otoplastia. E já tá pertinho, né? Fevereiro é logo ali.
          Se você não se sente bem, então é melhor mesmo fazer sedada. Dorme, acorda e pronto. Já está de orelhas novas.
          Muito obrigado pelos seus comentários. É sempre legal responder todos.

          Desde já eu desejo sorte pra você. Vai dar tudo certo.

          Abraço!

  2. Olá Leonardo, li quase todos os seus relatos,e nossa!!! Eles me ajudaram muito…sexta tenho um encontro com o pessoal do projeto orelhinha,tomara que corra tudo bem e eles marquem logo minha cirurgia. Estou com uma duvida, o curativo de capacete deve se usar por quanto tempo? To preocupada com o trabalho e porque eu vou e volto de moto do trabalho…

    • Oi, Andreia. Tudo bem?

      Eu usei o capacete por 2 dias, mas se não me engano, o Orelhinha indica 4 dias.

      Falando nisso, você foi ao encontro? Conseguiu marcar a sua cirurgia?

      Fico feliz em saber que o blog está te ajudando. É muito gratificante para mim.

      Um abraço e boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *